O Plano Municipal de Saúde de Valinhos para 2018 a 2021 foi aprovado por unanimidade pelo Conselho Municipal de Saúde (CMS), em reunião extraordinária na última quarta-feira (23) no Centro de Treinamento em Saúde.

O documento, preconizado pelo Ministério da Saúde, define ações e investimentos para a melhoria dos indicadores de saúde no município.

A presidente do CMS, Marineide Custódio Florêncio Barbisan, disse que, dentro do possível, o plano supre as necessidades da população, pois contempla todas as áreas de atenção à saúde com a integralidade e a universalidade.

Alguns diretores da Secretaria da Saúde apresentaram metas obrigatórias que foram incluídas no plano. Na atenção básica, a diretriz é ampliar e qualificar o acesso aos serviços, em tempo adequado, com ênfase na humanização.

Na área Odontológica, as principais metas são tornar rotineira a avaliação de prevenção do câncer bucal, informatizar as salas, implementar o prontuário eletrônico dos pacientes e estender o atendimento a pacientes acamados do programa Melhor em Casa.
A Saúde Coletiva explicou sobre os índices de vigilância epidemiológica a partir dos quais são direcionadas as ações; a vigilância sanitária, que atua desde a qualidade da água até a fiscalização de indústrias farmacêuticas, laboratórios, creches; e a zoonoses, que tem a preocupação com a notificação da leishmaniose e raiva em morcego.

Foi destacado também o processo de informatização da secretaria com o Sistema Inteligente a Serviço da Saúde (SISS-Saúde), que possibilita o cadastro unificado do usuário, a admissão e recepção de pacientes para diminuição de filas e atrasos, o controle dos agendamentos de consultas e exames, controle de medicamentos, entre outros.

Também foi abordado o empenho para a garantia do fornecimento de medicamentos padronizados nos próximos quatro anos, entre outros serviços.
Segundo o secretário da Saúde, o documento foi elaborado a partir de análise de problemas e situações que interferem na saúde dos munícipes.

Com 94 páginas, o documento apresenta também uma visão geral do município, das condições de saúde da população, dos serviços existentes, da produção e do desempenho dos serviços.

FONTE: PMV