Atividade é viabilizada dentro da proposta de oferecer aos alunos oportunidades de torná-los expectadores de renomados concertos

Alunos de cursos de música do Centro Cultural ‘Vicente Musseli’ de Valinhos, entre eles de violino e violoncelo e seus convidados, prestigiaram na noite desta terça-feira, 25/10, a apresentação do Coro da Rádio de Berlim e a Orquestra L’arte del mondo, da Alemanha, promovida dentro da série de concertos em homenagem aos 35 do projeto Mozarteum Brasileiro, uma das mais importantes associações culturais sem fins lucrativos do País.

O Mozarteum Brasileiro foi fundando em 1981 com a missão de democratizar o acesso ao melhor da música e da dança, em manifestações clássicas e contemporâneas. Logo afirmou-se como produtor de concertos de grande expressão, trazendo ao Brasil as mais renomados orquestras do mundo.

O evento foi na sala São Paulo que faz parte do Centro Cultural Júlio Prestes, na antiga Estação Júlio Prestes, na capital paulista. É uma das mais visitadas nos circuitos das grandes orquestras sinfônicas e considerada uma das melhores salas de concerto da América Latina, e mais uma vez ficou lotada pelo público.

A atividade que envolveu os alunos do Centro Cultural foi viabilizada dentro da proposta do professor de violino Rone Cesar Moreira, de oferecer frequentemente oportunidades de torná-los expectadores de renomados concertos promovidos na Sala São Paulo. Os convites de cortesia são conseguidos pelo próprio professor a fim de proporcionar a atividade gratuitamente aos alunos e seus convidados.

“Sempre têm novos interessados e todas as vezes que a gente vem, outras pessoas acabam participando, além de meus alunos que sempre estão juntos. Acredito que esta atividade ajuda no desenvolvimento dos alunos, tanto como ouvintes da boa música, como na prática dos instrumentos. Tecnicamente eles melhoram muito, pois a auto-estima dos músicos muda quando se interessam mais e praticam mais”, explica Rone.

“É um processo que não tem fim. Como expectadores de grandes concertos, eles se espelham nos músicos profissionais e se interessam em estudar cada vez mais para melhoria de suas próprias apresentações em público”, acredita também o professor.

Décio Geraldo Farias, de 41 anos, é aluno do curso de violoncelo do Centro Cultural há cerca de dois anos. “Esta é a terceira vez que participo desta atividade e sempre saio maravilhado daqui e estimulado a querer tocar sempre mais e melhor. É uma oportunidade que não teria se não fosse desta forma”, conta.

A professora aposentada, Leni Girardi Malavasi, de 82 anos, é aluna há três anos de cavaquinho no Centro Cultural onde já estudou flauta doce. Também toca piano e violão e é apaixonada por música. Ela sempre participa das excursões à Sala São Paulo. “É maravilhoso participar. É um banho de beleza e de música de qualidade. Fico encantada”, diz.

Saiba mais – Formado há 91 anos, o Coro da Rádio de Berlim é composto por 63 cantores líricos e realiza, em média, 60 concertos anuais. Mais popular e mais premiado coro da Alemanha, o grupo já registrou 19 álbuns e conquistou importantes honrarias, como Grammy Awards e ECHO Classic Awards.

Requisitado por orquestras de Berlim, Viena e Nova York, o Coro da Rádio de Berlim tem como regente e diretor artístico o holandês Gijs Leenars, que, aos 38 anos, é reconhecido como um dos maiores talentos na regência de corais.

Criada em 2004 pelo maestro Werner Ehrardt, a Orquestra L’arte del mondo é formada por 53 músicos e é notória pela utilização de instrumentos modernos a serviço de um repertório majoritariamente dedicado a compositores do século XX.

Os músicos executaram Richard STRAUSS – Der Abend, Op.34 nº 1; Gustav MAHLER – Sinfonia nª 5: Adagio; Wolfgang A. MOZART – Réquiem, KV 626.

FONTE: PMV